Informações gerais

Ficus de Bengala: cuidados, reprodução, condições de crescimento

Pin
Send
Share
Send
Send


“Ficus benghalensis” - é assim que o nome “Ficus of Bengal” soa em latim. Esta árvore é um representante proeminente de uma das maiores famílias - amoreira. Ela cresce nas florestas de monções do Sri Lanka, Bangladesh e Birmânia, China, Malásia e Índia. A singularidade da planta é que na natureza ela adquire um tamanho muito grande, pois não cresce sozinha, mas em pequenos aglomerados, que ao longo do tempo criam uma floresta suficientemente grande e densa.

Como cuidar do ficus de Bengala

Esta forma de vida do ficus de Bengala tem o nome "banyan".

Se o florista quiser reabastecer sua coleção de plantas com essa árvore, basta que ele vá até a loja e chame o nome de “Andrey” - esse é outro nome para a fábrica.

Principais recursos

  1. O banyan da variedade do bengal do ficus cresce da semente. Esta árvore difere das outras nos seus parâmetros: a sua altura é de 35 a 40 metros e a circunferência da folhagem pode ser superior a 600 metros.
  2. Uma peça tem 20-25 cm de comprimento. Eles têm uma forma oval ligeiramente alongada. No lado de trás (de couro) da superfície, as veias de um tom verde claro são claramente visíveis.
  3. O tamanho dos frutos do ficus de Bengala não corresponde às características gerais: são pequenos.
  4. O fato de que o ficus de Bengala pode formar um banyan é sua peculiaridade, que é obtida apenas devido às propriedades biológicas características da árvore. Raízes arejadas e bastante grossas começam a se formar nos ramos horizontais. Com o tempo, alguns deles desaparecem, enquanto outros, pelo contrário, se desenvolvem, afundam no chão, onde se enraizam rapidamente, depois do qual a transformação começa, e essas raízes se tornam similares a outros troncos. Como resultado, o processo de enraizamento não termina, mas constantemente se repete, criando novas árvores. Esta planta pelo menor tempo na natureza pode crescer em áreas incríveis. Cuidar do ficus de Bengala em casa é um pouco diferente. Já que o principal objetivo do produtor é cultivar uma planta bonita.
  5. A árvore cresce extremamente intensamente. Se você fornecer um cuidado normal, em média, por 1 ano, pode aumentar em altura 45-100 cm Para conter a intensidade do crescimento, é necessário cultivar ou cortar o sistema radicular no tempo.

Manutenção e Cuidado

A decisão de comprar e cultivar Ficus Bengala (ficus benghalensis) em casa leva um pequeno número de pessoas. Como essa planta tem características especiais, ela precisa de um grande espaço aberto; portanto, é pouco provável que os que moram em pequenos apartamentos a comprem.

Para cuidar em casa foi realizado qualitativamente, é necessário conhecer as principais nuances de crescimento: como plantar, crescer, alimentar, irrigar e replantar uma árvore corretamente.

Microclima

Ficus Bengala é pouco exigente em termos de iluminação. Ele se desenvolve normalmente em luz artificial, o principal é que há espaço suficiente.

O desenvolvimento correto e uniforme da coroa só pode ser obtido se você girar alternadamente o vaso de flores em direção ao sol em torno de seu eixo. Então a planta e as folhas receberão uma quantidade uniforme de luz.

A árvore ama muito espaço.

Outro ponto importante a respeito do cuidado do ficus de Bengala - a temperatura ambiente. O mínimo admissível é 18-19 ° С, o máximo é 25-26 ° С. Profissionais recomendam fortemente proteger a árvore de fortes flutuações de temperatura e correntes de ar: eles podem afetar adversamente a condição da planta.

Ficus Bengala - uma planta grande, por isso há pequenas nuances em relação à umidade do ar na sala onde está localizada. Na presença de uma bateria ou outros dispositivos para aquecer a sala é para cuidar de irrigação adicional: estes dispositivos tornam o ar muito seco. De tempos em tempos, uma esponja deve ser movida ao longo da folha para eliminar as partículas de poeira coletadas.

Quanto às características do solo têm suas próprias nuances. Ficus Bengala vai se sentir bem em solo neutro. Pode incluir:

Outro substrato deve ter um baixo nível de acidez. Se o indicador exceder a norma, o ficus não se desenvolverá e se multiplicará, e acabará secando completamente. Para ter confiança no solo, ele pode ser comprado na loja. No fundo do pote deve haver uma camada de drenagem.

Top vestir e irrigação

Molhe o ficus deve ser regular e abundante, porque este tipo de planta não tem uma fase de descanso. O curativo superior é feito com o máximo de cuidado possível para não prejudicar a planta. Profissionais afirmam que o fertilizante pode ser aplicado usando complexos prontos. Recomenda-se realizá-lo a cada 2 semanas.

A reprodução do ficus de Bengala é feita de duas maneiras. As primeiras sementes. A segunda é a estaca (propagação vegetativa), durante a qual a ponta dos ramos, sobre os quais existem vários internódios, é cortada. Em seguida, eles são transplantados em uma mistura especial composta de turfa e areia. O ficus pode ser deixado na água, mas em tal ambiente, as estacas enraízam-se muito mais devagar.

Transplante em casa

É necessário replantar uma planta regularmente

Plantas jovens precisam de um transplante anual. Se o ficus tiver mais de 5 anos, você poderá realizar o procedimento a cada poucos anos. Cada transplante subsequente envolve uma mudança na capacidade. O pote deve ter vários centímetros a mais de altura e largura do que o anterior. Para não cometer um erro ao escolher, você pode pedir ajuda a um florista-consultor profissional: ele o ajudará a fazer uma escolha.

Se a árvore já é grande, faz sentido substituir a bola superior do solo. Durante a transferência, você pode ajustar a taxa de crescimento executando um pequeno recorte do sistema raiz. Outra solução para este problema não é substituir o ficus, mas deixá-lo em um pote próximo.

Podando um arbusto

Este procedimento deve ser realizado em clima quente. Existem dois tipos de corte:

  • Formando, depois do qual a árvore se torna mais aparência bem cuidada.
  • Sanitária, que envolve a remoção de brotos secos e fracos.

Ficus - uma planta que raramente é passível de doença. Há situações em que aparecem insetos parasitas: carrapatos, insetos, tripes. Se a planta é pequena, o problema é resolvido de forma muito simples: uma corrente de água morna é direcionada para as pragas, depois que elas caem, elas são removidas. Se a árvore é grande e tem uma coroa maciça espessa, é adicionalmente tratada com meios especializados - inseticidas.

Planta doente somente quando uma pessoa viola as regras básicas de cuidado:

  • Se a temperatura cair significativamente, as folhas inferiores começarão a desaparecer.
  • Se o solo estiver muito cheio de água, aparecerão pontos amarelados nas folhas.
  • Se a planta precisar de adubação adicional com fertilizante, uma taxa de crescimento lenta e a perda da saturação da cor das folhas serão um sinal para isso.
  • Se a sala é a iluminação errada ou ficus está na sombra, as hastes são fortemente desenhadas, e as folhas perdem sua forma e comprimento.
  • Se o florista estiver muito quente, ou o florista tiver aplicado muito fertilizante, pequenas manchas marrons aparecerão na borda.

Ficus Bengala em seu ambiente natural

Sendo uma nativo de florestas úmidas e encostas das montanhas mais baixas da Índia, Tailândia, Malásia e Birmânia, esta árvore no ambiente natural pode crescer para tamanhos incríveis e é caracterizada por numerosas raízes aéreas, gradualmente transformadas em troncos. A coroa do maior exemplar em diâmetro é de 350 metros, tem mais de três mil raízes aéreas. Alguns secam, os restantes caem no chão, criam raízes, assumem a forma de troncos, formando subsequentemente brotações laterais. Exteriormente, tal ficus bengali cria a aparência de uma pequena floresta: cobrindo uma área de vários hectares, a árvore forma ecossistemas inteiros.

Externamente, o ficus de Bengala, referido na literatura antiga como a "árvore do mundo" e "símbolo da imortalidade e do renascimento sem fim", é uma árvore com belas folhas verdes ricas, cada uma com um comprimento de 15 a 25 centímetros. Em condições de sala, o ficus de Bengali pode crescer até o teto em apenas alguns anos. Portanto, na maioria das vezes tal árvore, caracterizada por uma aparência altamente decorativa e facilidade de atendimento, é um residente de instalações de escritório e salões enormes.

A iluminação é um fator importante no cuidado

Ao cuidar do ficus de Bengala, você precisa saber que a planta é suficientemente leve, portanto deve ser colocada em local ensolarado, protegido da luz solar direta. Caso contrário, existe o risco de queimaduras, que podem ser determinadas por manchas marrons nas placas das folhas. Na falta de luz indicará o murchamento das folhas, sua torção. Para que a coroa se desenvolva uniformemente, e todos os lados recebam uma quantidade igual de luz, recomenda-se que periodicamente rode o ficus de Bengala periodicamente em torno do seu eixo.

Em casa, o crescente ficus de Bengali prefere uma temperatura moderada de 18 a 26 ° C, e no inverno é capaz de suportar 12 a 16 ° C acima de zero. Negativamente, ao deixar cair as folhas, a planta reage a mudanças súbitas de temperatura e correntes de ar. Não é recomendado colocar o ficus de Bengala perto dos dispositivos de aquecimento: o ar quente, a secagem das folhas, causa a morte da planta. No verão, recomenda-se levar a árvore para fora ou para a varanda.

Ficus de Bengala: atendimento domiciliar

O Ficus de Bengala precisa regar moderadamente com água mole, que precisa ser realizada quando o solo seca: na estação quente - a cada três ou quatro dias, no inverno, haverá o suficiente semanalmente. Nos dias quentes de verão, a planta deve ser pulverizada com um borrifador, e suas folhas com a finalidade de refrescar o fícus e remover o pó devem ser limpas regularmente com um pano úmido. Certifique-se de drenar a água restante da panela, pois a estagnação da umidade pode causar o desenvolvimento de doenças fúngicas e o apodrecimento das raízes.

Nutrição Vegetal

Como qualquer planta, o ficus precisa de alimentação adicional: no verão, durante o período de crescimento ativo, eles devem ser realizados duas vezes por mês (com fertilizantes com alto teor de nitrogênio), no inverno - uma vez a cada dois meses (com preparações para plantas não florescentes). O Ficus de Bengala, que mesmo um florista inexperiente pode cuidar, relaciona-se positivamente com a poda, visando retardar o crescimento da árvore e necessário para dar à coroa uma bela aparência e uma bela forma.

O transplante de plantas jovens é realizado anualmente, de março a abril. O Ficus de Bengala em casa é caracterizado por uma alta taxa de crescimento: até 1 metro por ano, portanto a capacidade deve ser um pouco maior (apenas alguns centímetros) em comparação com as anteriores, o que será um impedimento para o desenvolvimento ativo. Quando o transplante é recomendado para aparar um pouco as raízes da árvore. Para as plantas mais antigas, será suficiente substituir a camada superior do solo por novas.

O solo para o ficus de Bengala deve ser nutritivo, consistindo de turfa, húmus e solo foliar. Você pode comprar primer de loja para fichas. Certifique-se de ter uma boa drenagem, que pode ser usada como cacos de barro, argila expandida, casca de árvore.

Ficus de Bengala: reprodução. Recursos do processo

O ficus de Bengala reproduz-se por corte, para o qual se utilizam estacas apicais semi-lenhosas com folhas. Cortá-los são recomendados para manter o estimulador de crescimento, em seguida, colocar em água ou em areia molhada e colocar em um local quente por algumas semanas. Em seguida, o processo com o sistema radicular formado precisa ser transplantado em um recipiente separado, e depois de uma semana para alimentá-lo com fertilizante mineral.

Doenças e pragas

Na hora de detectar pragas pela inspeção regular das folhas, especialmente do lado de trás. Das doenças mais freqüentes, o phicus de Bengala é afetado por ácaros, pulgões, um escudo e uma cochonilha. Se possível, recomenda-se que a planta seja enxaguada sob um banho quente ou enxaguada com um guardanapo e depois tratada com agentes químicos.

O amarelecimento das folhas inferiores e sua queda subseqüente indicarão alagamento. Especialmente tal problema pode ocorrer no inverno. Se manchas brancas de lã estiverem presentes na parte de baixo da folha, a presença de uma minhoca pode ser assumida. A praga deve ser removida com uma esponja umedecida com álcool metílico, e a planta deve ser pulverizada com um inseticida sistêmico ou Malathion. O aparecimento de escitopas pode ser avaliado pela presença de insetos marrons escamosos nas hastes e na parte inferior das folhas. Instalações de processamento realizadas de forma semelhante ao acima.

O encharcamento permanente do solo ou a estagnação da água podem levar ao aparecimento de doenças fúngicas. Para fins de prevenção, as folhas da planta devem ser limpas com água e sabão, um banho deve ser tratado, pelo menos uma vez por mês, com uma solução fraca de manganês.

Como recompensa pelo atendimento de alta qualidade, pela devida atenção e pelo amor sincero, a ficus agradecerá aos seus proprietários com uma atmosfera de tranqüilidade na casa e energia positiva.

Descrição botânica

O Ficus de Bengala pertence ao gênero Mulberry e veio para nosso país da Índia, Sri Lanka e Bangladesh. Na natureza, é uma árvore poderosa cuja coroa lança uma sombra a meio mil metros e uma altura de 40 metros. Ao crescer em um apartamento, observando os cuidados certos, você pode cultivar uma planta a alguns anos do teto. Isso se deve ao fato de a árvore ter um incremento anual de 100 cm.

A casca da planta é cinza escuro, as folhas são grandes, de cor verde escura, as flores parecem pequenas laranjeiras que servem de alimento para aves e mamíferos. Em casa, o banyan ficus de Bengala não floresce.

Em casa, a árvore é considerada um símbolo da eternidade. Eles são decorados com templos e habitações, e larga folhagem é usada para um dossel e cobertura do telhado.

Como escolher uma árvore ao comprar

Para que uma planta cresça e se desenvolva bem, é necessário abordar a escolha de uma planta corretamente. Para isso, você precisa conhecer as regras básicas:

  1. Ficus não pode ser adquirido na estação fria, pois a adaptação é dolorosa para a planta.
  2. Escolha uma planta jovem melhor.
  3. Verifique a condição da árvore. Para fazer isso, passe a folha na direção oposta e agite suavemente. Se a folhagem desaparecer, a planta não vale a pena comprar.
  4. O sistema radicular que sai dos orifícios de drenagem não deve ser preto ou marrom.

É importante! Para dar a beleza da folhagem, muitos vendedores polem as folhas. Depois de comprar uma planta dessas, você precisa segurá-la sob um banho quente por alguns minutos.

Procedimento de criação

Na maioria das vezes, o ficus é propagado por estacas, pois é a maneira mais fácil e eficaz. Para fazer isso, corte estacas lenhosas com comprimento de folhagem de 10 a 15 cm

É importante! As mudas muito jovens não criam raízes.

O pedúnculo preparado é mantido por vários minutos em um estimulador de crescimento, e então colocado em um recipiente com água até que o sistema radicular apareça. Depois que as raízes se tornam desenvolvidas e poderosas, o material de plantio pode ser plantado em solo nutriente e continuar a cuidar, como para um ficus adulto.

Ao criar este hóspede do sul existem várias recomendações:

  1. Um momento adequado para reprodução - primavera, verão.
  2. O local da fatia do suco leitoso é lavado e depois seco.
  3. Estacas não lignificadas não enraizar.

Como o ficus de Bengala

Esta árvore é distinguida por um modo de vida específico, que também é chamado de “banyan”. O estágio inicial da formação do banyan é baseado no surgimento de um sistema de raízes suspensas nos poderosos ramos que crescem horizontalmente. As raízes são múltiplas, não cobertas de pêlos. Seu desenvolvimento é lento. Depois de um certo tempo, a maioria das raízes secam e não tocam mais no solo.

A parte restante do complexo da raiz aérea ainda alcança o solo e pode criar raízes. Como resultado, a parte de suspensão passa por um estágio de espessamento aprimorado e forma troncos.

Frutos alaranjados que crescem na árvore são alimentos para animais e pássaros, que se tornam os principais distribuidores de sementes e servem como assistentes na reprodução de plantas.

Banyan é muito alto - até 40 metros, e sua coroa pode se espalhar até 610 m.

As folhas da planta também se destacam - até 25 cm de comprimento. Formulário - elíptico, oval, alongado. Na superfície coriácea existem suculentas veias verde-claras.

Árvore de florescência na forma de sycony.

A taxa de crescimento da planta é considerada uma das representantes de velocidade da flora, já que o aumento no ano é de 60-100 cm.

Espalhar e pátria

Os lugares nativos do ficus de Bengala são a selva. Portanto, sob condições naturais, pode ser encontrado na Índia, Tailândia, Birmânia, Malásia e sul da China. A planta cresce e se expande, tomando posse de vastos territórios.

O crescimento do banyan continua indefinidamente, enquanto raízes jovens se estendem até o chão, criam raízes e formam novas árvores.

Em casa, reproduzir esse fenômeno é quase impossível. И тем, кто решился на такой шаг, придется приложить немало усилий и запастись упорством и немаленьким помещением, в котором нужно будет создать тропический климат.

Как выбрать растение при покупке

Чтобы дерево радовало хозяев в дальнейшем и не возникало проблем в уходе, важно знать основные правила выбора растения:

  • Не следует покупать фикус в холодное время. Адаптация в этот период проходит довольно тяжело.
  • Você não pode escolher plantas grandes. Quanto mais velha a árvore, mais difícil é se adaptar às novas condições.
  • Os brotos saudáveis ​​podem ser testados desta maneira: agite suavemente e toque nas folhas. Se as folhas caírem (2 ou mais), então esta árvore não vale a pena.
  • As raízes da planta não devem ser preto ou marrom escuro.

Iluminação e localização

Escolhendo o lugar onde o ficus deve ser colocado, deve prestar atenção ao lado ensolarado da sala. No entanto, não se deve permitir que os raios do sol caiam nas folhas, porque eles podem se queimar. Ou seja, a luz deve ser brilhante, mas difusa.

Ficus deve ser colocado no lado oeste ou leste. Se não houver tal lugar, será necessário sombrear na direção sul.

Umidade do ar e temperatura

O Fucus não aceita quedas de temperatura. Para o desenvolvimento na primavera e no verão, a planta precisará de uma temperatura de + 18-26 ° C, e no outono e no período de inverno - não menos que + 17 ° C. Se a árvore estiver fria, ela começará a dobrar as folhas.

Ficus precisa de umidade. O nível ideal é de 60 a 70%. Para manter o nível desejado, a massa foliar é pulverizada uma vez por semana. Na estação fria, quando os dispositivos de aquecimento estão funcionando, a pulverização se torna especialmente importante.

Além disso, as folhas devem ser limpas regularmente com um pano úmido macio ou esponja, removendo a poeira acumulada. Nenhum extra também será qualquer outra maneira de aumentar a umidade.

Solo para a planta

Ficus ama solo fértil e solto. Você pode comprar uma mistura pronta na loja e preparar a mistura sozinho. Deve incluir os seguintes componentes:

A planta vai se sentir bem em uma mistura de grama (1 parte), folha (1 parte) de solo e areia.

Antes de plantar, o solo (ambos comprados da loja e cozidos) deve ser calcinado no forno. Tal procedimento é necessário para prevenir a propagação de doenças e a destruição de pragas.

O solo deve estar bem drenado. Barro expandido pode ser colocado no fundo.

Como molhar

É necessário regar um ficus regularmente e abundantemente. Hidratar o solo como a camada superior seca a uma profundidade de 2-3 cm com água morna e morna.. O procedimento é repetido uma vez a cada 3-4 dias.

A planta deve ser regada tanto no verão quanto no inverno (uma vez por semana) - o ficus não tem um período de repouso pronunciado.

Do que fertilizar

Alimente a árvore no verão, durante o período de desenvolvimento ativo, uma vez a cada 2-3 semanas. Para fazer isso, você pode usar fertilizantes universais em grânulos com alto teor de nitrogênio. Você também pode usar fertilizantes orgânicos.

No inverno, a planta descansa, por isso não deve ser fertilizada com mais freqüência do que uma vez a cada dois meses. Para isso, use cobertura para plantas sem flor.

De qualquer forma, antes de fertilizar o fertilizante é pré-dissolvido em água e apenas baixa concentração é usada.

Como cortar

Um dos principais procedimentos para o cuidado da planta. Ele permite que você dê à árvore uma ótima forma decorativa e compacta:

  • esférico
  • na forma de um arbusto,
  • multi-camadas
  • bonsai

Você também pode moldar qualquer escultura.

Podar a planta na primavera ou no início do verão, observando estas regras:

  • a forma deve ser natural
  • é melhor pré-adivinhar como será a aparência da árvore após o corte,
  • instrumento estéril - a garantia de saúde do ficus,
  • o corte é realizado em um ângulo para a borda.

Quando e como transplantar

O primeiro transplante de ficus é feito imediatamente após a compra. Se a planta deixou cair as folhas, o procedimento deve ser adiado por 10-14 dias até que a árvore se adapte às novas condições.

O segundo e os subsequentes transplantes são realizados na primavera. Durante este procedimento, é possível formar uma coroa e cortar raízes muito grandes. Com cada transplante use novo, maior que a capacidade anterior de 3-4 cm.

Não transplante apenas figos adultos, que crescem em grandes recipientes. Neste caso, simplesmente remova a camada superior do solo e substitua-a por fresca.

Regras básicas para transplante:

  • despeje sobre
  • remover o top coat
  • remova a sala de barro, agite levemente,
  • transplante em um novo pote,
  • adicione mistura de solo fresco.

Recursos de reprodução

O ficus bengali produz cortes, folhas e saídas de ar.

Ao cortar, pegue os cortes superiores com a folhagem, que é um pouco dura.

Depois de retirar a seiva láctea do local da incisão, o enxerto é colocado em água, adicionando drogas para estimular o crescimento das raízes (você pode simplesmente colocá-lo na areia umedecida no saco). Capacidade colocar em um lugar quente e brilhante. Leva várias semanas para ocorrer o enraizamento.

Depois que as raízes se desenvolvem, o talo é transplantado em um vaso separado e depois tratado como uma planta adulta.

Quando a criação de ficus tem algumas recomendações.:

  • a melhor época do ano é primavera-início do verão,
  • o corte é lavado e o caldo é seco,
  • durante o corte, brotos novos e não endurecidos não podem ser usados.

Origem vegetal

Ficus benghalensis pertence à família da amoreira. Ele vem das florestas tropicais da Índia, Tailândia, Birmânia, sul da China.

Seu segundo nome - banyan - significa a forma de vida, quando uma única planta, devido às habilidades especiais de suas raízes aéreas e brotos, assume a aparência de um bosque inteiro.

Numerosos troncos em tal “floresta” são apenas parte de um único ecossistema do ficus de Bengala.

Com o tempo, crescerá em largura e altura, capturando vastos territórios.

O crescimento continua indefinidamente, e todas as raízes novas e novas, correndo dos ramos superiores para o chão, criam raízes no solo e dão novas "árvores".

Claro, em casa é quase impossível repetir esse milagre.

Aqueles que ainda decidem tal façanha terão que ser pacientes e ter uma grande sala na qual será necessário criar uma atmosfera dos trópicos.

No entanto, muitos entusiastas crescer com sucesso em suas casas tabela "banyanchiki", que é muitas vezes chamado de cultura bonsai.

O que é banyan?

Os autores deste termo são europeus. Quando portugueses e ingleses viajantes nos séculos XV-XVI. descreveram as maravilhas do país das fadas da Índia que haviam descoberto, chamaram a atenção para as árvores incomuns que serviam como uma espécie de teto para os bazares locais e outras reuniões em massa de moradores locais.

É claro que, sob a sombra de tal gigante, a palavra “baniya” soava com muita frequência, o que na língua gujarati significa “comerciante, comerciante”.

Sem pensar duas vezes, os europeus "recompensaram" com essa palavra a própria árvore.

Então o ficus de Bengala se tornou uma “árvore mercantil”.

Na foto ficus "belga":

Atendimento domiciliar

É difícil superestimar o valor decorativo do ficus de Bengala.

Mas embora ele seja muito bonito e cuidar dele não pareça ser muito complicado, aqueles que decidirem cultivar essa espécie terão que encontrar um quarto espaçoso e bem iluminado. (o ficus pode crescer até 40 cm e até 3 m)em que calor constante será garantido (18-26 ° C), alta umidade e falta de correntes de ar.

Alimentação ficus 1-2 vezes por mês. Para isso, eles recomendam o uso de fertilizantes granulares universais.

Esta planta precisa de rega regular com água macia, independentemente da época.

Deve ser regada quando a camada superior do solo seca 2-3 cm de profundidade.

Para manter a umidade adequada, é melhor não pulverizar a árvore inteira, mas limpe as folhas suavemente com um pano úmido macio.

Ao mesmo tempo, limpa a folhagem da poeira acumulada.

Apesar das belas lendas que pairam em torno do ficus-banyan, aqueles que estão envolvidos na criação de interiores desta árvore não serão capazes de admirar suas flores.

Por uma razão simples - as contrapartes interiores dos gigantes tropicais não florescem.

Uma chance de ver uma espécie de inflorescências "clássicas" - pequenas formações esféricas de syconia, semelhantes às bagas - somente aqueles jardineiros que cultivam Ficus Bengal crescem em uma estufa.

Formação de coroa

Mas a falta de flores mais do que compensa a coroa desta planta, que cresce magnificamente em todas as direções.

No entanto, o processo de desenvolvimento das copas das árvores não pode seguir seu curso.

Em primeiro lugar, você precisa girar regularmente a árvore em torno de seu eixo - para que a coroa se desenvolva uniformemente e obtenha luz solar suficiente.

Em segundo lugar, é necessário podar regularmente os galhos, para que você possa dar a coroa com o seu "veludo" deixa uma certa forma e dimensões compactas.

Para o desenvolvimento normal do ficus será necessário um terreno especial.

A planta ama solos férteis, ligeiramente ácidos ou quimicamente neutros.

Já o solo pronto para ficus pode ser comprado no mercado ou em uma loja especializada.

Mas você pode cozinhar a si mesmo misturando grama, turfa e terra e areia.

O interior irá crescer bem se houver uma camada de drenagem no fundo do vaso.

Criação de animais

Começando o cultivo da casa banyan, devemos ter em mente que o ficus de Bengala geralmente se propaga por estacas,

que para o enraizamento normal precisa de uma mistura de areia e turfa.

Mas, a fim de propagar esta cultura a partir de sementes, será preciso muita experiência na criação dessas culturas.

Em tenra idade, o ficus deve ser replantado anualmente em vasos de grande diâmetro.

Para adultos, é suficiente substituir o solo superficial por solo fresco.

Benefício e dano

Esta planta limpa bem a atmosfera dentro da sala.

Ficus não é tóxico. Além disso, absorve perfeitamente algumas substâncias nocivas ao homem (fenol, tricloroetileno, benzeno), utilizando-as para a sua nutrição.

Ao mesmo tempo, a planta lança substâncias ativas no ar, elevando o humor e a capacidade de trabalho, normalizando o sono.

E um pouco sobre os segredos.

A história de um dos nossos leitores Irina Volodina:

Meus olhos eram especialmente frustrantes, cercados por grandes rugas, mais olheiras e inchaço. Como remover rugas e bolsas sob os olhos completamente? Como lidar com o inchaço e vermelhidão? Mas nada é tão velho ou jovem como seus olhos.

Mas como rejuvenescê-los? Cirurgia plástica? Eu descobri - não menos que 5 mil dólares. Procedimentos de hardware - photorejuvenation, pilling de gás-líquido, levantamento de rádio, facelift de laser? Um pouco mais acessível - o curso custa 1,5 a 2 mil dólares. E quando encontrar todo esse tempo? Sim e ainda caro. Especialmente agora. Portanto, para mim, escolhi outro caminho.

Pin
Send
Share
Send
Send