Informações gerais

Propriedades úteis e contra-indicações do mel de colza: como usar o néctar “vivo” para o vigor, contra o estresse, dor de garganta e patologias da pele

Pin
Send
Share
Send
Send


Mel de colza - mel obtido por abelhas de extensas plantações de colza. Na Europa, ele ocupa há muito as prateleiras das lojas, mas, por enquanto, ele apenas apareceu cautelosamente sobre elas. Moradores de países europeus estão interessados ​​em mel de colza com suas propriedades curativas. Por que precisamos desse mel? Afinal, além dele há outro mel não menos útil. Existe, claro. Mas por que recusar outro presente da natureza? Melhor conhecê-lo, experimente! Portanto, discutiremos mais sobre os benefícios e malefícios do mel de estupro, bem como sobre como armazenar mel de estupro.

Características de mel de colza

Percorra as páginas de sites da Internet nos fóruns para encontrar o ponto de vista de que a delicadeza do mel da colza não é adequada para o consumo humano. Digamos, é adequado apenas para a manutenção da atividade vital das abelhas no inverno. Para dissipar esse mito e avaliar as propriedades únicas do mel de colza, basta considerar sua composição química com mais detalhes, o que ajudará a revelar toda a verdade. Os cientistas há muito tempo expuseram os componentes do mel de estupro nas prateleiras. Contém:

- água e ácidos orgânicos,
- glucose e frutose, bem como dextrinas (polissacáridos),
- minerais como fósforo e iodo, sódio, potássio, ferro e zinco,
- há também vitaminas: niacina, ácido fólico, ascórbico e pantotênico, riboflavina e também piridoxina,
- contém ácidos orgânicos com enzimas e hormônios,
- outras substâncias.

De todos os ingredientes do produto contém mais frutose e glicose. Esse recurso faz com que o mel de estupro seja o mais doce de todos os seus equivalentes de mel, dando-lhe um sabor açucarado.

O produto contém OGMs? Esta afirmação foi provocada pela prática de introduzir organismos geneticamente modificados em canola. Mas esta prática é realizada apenas no exterior. Ficou provado que o néctar coletado pela abelha não contém sinais de OGM, mas não precisa significar e entrar em pânico.

Estupro mel como um medicamento ideal para muitas doenças

Devido à sua composição única, o mel de colza assume a primeira posição na prevenção e cura de muitas doenças. Ele lida bem com doenças crônicas, abafando uma condição dolorosa, prevenindo a recaída.

Estupro mel - benefício e dano. Recomendações de uso:

Ativa a produção de suco gástrico, para que a sensação de náusea passe rapidamente. Adequado para mulheres grávidas com doença de manhã.

Quando intoxicação - ajuda a restaurar a microflora intestinal, e também ajuda na digestão e digestibilidade dos alimentos. Ajuda a eliminar toxinas e escórias do corpo. É recomendado para constipação, enterite, gastrite, colite e úlceras duodenais.

Contribui para a normalização dos níveis de hemoglobina e colesterol no organismo.

Após o consumo regular de mel de colza, os pacientes experimentam melhorias associadas ao sistema cardiovascular, à medida que o músculo cardíaco é fortalecido.

O efeito expectorante do mel ajuda a eliminar a tosse e o diaforético - reduz a temperatura e elimina as dores musculares.

O mel é usado em cosmetologia. Várias receitas contribuem para o rejuvenescimento da pele, fortalecem os folículos pilosos e eliminam as rugas faciais.

A eficácia em lidar com fadiga crônica, atenção distraída e desempenho reduzido foi observada.

Promove o fortalecimento do tecido ósseo (seu crescimento e restauração devido ao boro na composição).

Boas aumenta a imunidade.

É recomendado em odontologia para o tratamento de eczema, estomatite, gengivite, sangramento nas gengivas e feridas.

Mel de colza é freqüentemente presente em dietas de perda de peso. A grande capacidade de glicose e frutose permite lidar rapidamente com a sensação de fome, não saturando o corpo com comida.

Melhora o funcionamento do cérebro devido à glicose.

Normaliza a glândula tireóide.

Melhora o trabalho do baço e todo o sistema circulatório.

Limpa o corpo de substâncias nocivas.

O uso do mel do estupro é inegável, mas, como todos os produtos, essa iguaria tem contra-indicações.

Quem é estupro perigoso, querido, que mal dele?

Que mal ao corpo pode causar mel? Contra-indicações para este produto são poucas. O primeiro é a presença de diabetes. Nesta doença, a taxa de uso do produto deve ser rigorosamente controlada. Não se esqueça da taxa de açúcar no sangue - até 6 mmol / l. No caso de uma forma severa da doença - o seu uso exclui-se completamente.

O uso descontrolado da delicadeza provoca obesidade e o desenvolvimento de diabetes, bem como uma sensação de náusea.

O cuidado também deve ser alérgico. De todos os produtos derivados da colza, a delicadeza mantém um perigo especial. Alto teor de frutose pode causar uma erupção com a subsequente formação de úlceras de pranto, bem como ataques de rinite grave. Uma reação alérgica pode terminar em um ataque de sufocação, inchaço da face e choque anafilático.

Como reconhecer o mel de estupro nas prateleiras das lojas?

Para reconhecer o produto entre outros tipos de mel, você precisa saber o seguinte:

A cor correspondente é um branco nublado após a cristalização ou uma cor amarelada antes dela.
Consistência. Devido ao baixo teor de água, o produto é bastante espesso e cristaliza rapidamente (a cristalização pode ocorrer após 3 semanas de armazenamento).
O cheiro é acentuado e pronunciado (o produto espessado tem um cheiro menos pronunciado).
Gosto - gosto enjoativo e delicado. Tem um sabor amargo.

A melhor época para comprar um produto é maio e junho, quando a planta floresce.

Para que o produto não perca suas propriedades úteis, é muito importante organizar seu armazenamento adequado. Preste atenção no contêiner. A melhor opção seria a capacidade de uma árvore, mas não de variedades coníferas.

Você pode usar pratos feitos de barro, cerâmica e aço. Esses materiais não entram em reações químicas e, portanto, não provocam oxidação ou deterioração do produto. Mercadorias de plástico e metal categoricamente contra-indicado.

Você precisa escolher o lugar certo para o armazenamento - escondido do sol e com uma temperatura não superior a 15ºC. Em outras condições, ele rapidamente azeda.

Atenção! Tendo decidido acrescentar o mel ao chá, não esqueça que abaixo da influência de temperaturas acima de 40 ° C Celsius, os carcinógenos aparecem no mel. Portanto, é melhor colocar uma colher na boca e não em água quente. Após a dissolução na boca, engolir e, em seguida, beba lentamente o chá suspenso.

O conteúdo calórico do mel de colza por 100 gramas de produto é de 329 kcal. Então conheça a medida em sua alimentação!

O mel de colza é um dos produtos mais exclusivos que pode trazer muitos benefícios para o corpo. Mas para que o bem não se transforme em dano, você não deve abusar dele. E para que o produto não perca suas propriedades milagrosas, atenção especial é dada ao seu armazenamento.

Por que não valorizado na Rússia

Apicultores em nosso país não consideram a colheita de mel de colza como uma ocupação promissora. Por isso, eles começam a procurar os campos plantados com esta cultura, mais frequentemente “para as abelhas”, e eles estão empenhados em bombear o mel “para si mesmos”. Existem várias razões para isso.

  • Baixa prevalência de cultura. O fato é que o estupro não é apenas muito exigente quanto ao solo, ele gosta de solos salgados e bem fertilizados. Devido ao poderoso sistema radicular penetrar 2 m de profundidade no solo, a planta extrai ativamente todas as substâncias úteis do solo, reduzindo significativamente o rendimento das culturas plantadas após o mesmo. O crescente valor econômico da planta para a produção de biocombustíveis está expandindo gradualmente a semeadura, mas ainda não pode ser chamado de maciço. Ou seja, para obter o mel de estupro, será preciso muito trabalho ao procurar semear e transportar o apiário para eles.
  • Dificuldades com o bombeamento. O mel de colza, devido ao seu baixo teor de umidade e alto teor de açúcar, cristaliza muito rapidamente. É muito difícil adivinhar quando o favo de mel será selado com mel e a cristalização do produto demora literalmente 24 horas.
  • Baixa popularidade. Colocado em um frasco de vidro de mel de colza, sujeito a todas as condições de armazenamento, cristaliza na terceira semana. Já em forma sólida, vai à venda, e o comprador moderno não gosta de mel cristalizado e não quer comprar. A única saída é vender o mel diretamente do apiário, o que nem sempre é possível.
  • Uso duvidoso. Alguns consumidores e até mesmo apicultores acreditam no dano do mel de colza como um produto feito a partir de matérias-primas geneticamente modificadas. De fato, todas as variedades de colza, que semeiam o campo, são híbridas. O solo da cultura prepara-se de um modo especial - fertiliza-se intensivamente com substâncias nem sempre seguras, por isso, na teoria, o mel pode conter componentes perigosos.

Uma razão adicional para a baixa popularidade do produto é sua capacidade de acelerar a cristalização do mel de outra variedade, mesmo se o pólen da planta entrar na colmeia em quantidades mínimas.

Como se defender do ceticismo? O mel de colza vem sendo estudado pelos principais laboratórios ocidentais há mais de um século, e o tratamento com um produto é muito usado na medicina tradicional. Além disso, o mel puro da cultura contém cerca de 0,8% de pólen de colza, que é muito pequeno para uma possível transferência de fertilizantes, pesticidas e outros produtos da agroindústria.

A complexidade de obter, é claro, peso, mas o resultado vale a pena: o néctar contém muitos nutrientes e tem um efeito benéfico no trabalho de todo o organismo.

Composição do produto

O mel preparado pelas abelhas ao coletar o pólen de canola é considerado verdadeiramente único. Tem uma cor esbranquiçada delicada e uma consistência viscosa. O aumento da densidade é desencadeado por um baixo teor de água - cerca de 19%.

O principal componente de qualquer mel são os açúcares. A maior parte do produto pertence à glicose e à frutose, o que confere ao mel uma doçura especial, muitas vezes superior ao sabor da beterraba e do açúcar de cana. Uma grande quantidade de glicose produz um produto intensivo em energia, mas de fácil digestão, que restaura a força com a fadiga. O conteúdo de dextrinas tem um efeito benéfico no fígado e na condição intestinal.

Vitaminas e Minerais

Néctar de colza contém uma quantidade impressionante de vitaminas e minerais. Entre eles estão:

  • grupo B (B2, B3, B5, B6, B9),
  • ácido ascórbico,
  • rutina
  • retinol,
  • tocoferol,
  • potássio
  • cálcio,
  • magnésio,
  • sódio,
  • flúor
  • níquel
  • cobalto
  • boro
  • zinco
  • selênio.

Devido à sua composição multivitamínica, o produto possui boas propriedades restauradoras, regula o metabolismo e também estimula processos regenerativos.

Os compostos minerais do produto mantêm o tom e a consistência do sistema endócrino humano, melhoram os músculos lisos e estriados, bem como normalizam a condutividade das fibras nervosas.

Além disso, uma proporção equilibrada de minerais e vitaminas ajuda a normalizar a formação do sangue e melhora a composição do sangue. Aumento do teor de cálcio suporta a força e elasticidade do tecido ósseo e ligamentos.

Ácidos graxos insaturados

O mel de colza é útil para o corpo humano devido ao conteúdo de ácidos orgânicos de séries gordurosas polinsaturadas. A lista principal inclui:

  • linoleico
  • alfa linoleico,
  • linolênico
  • erucate
  • eicógeno
  • oleico.

Estes compostos são usados ​​pelo corpo como material de construção na síntese de membranas celulares. Eles têm o poder de regular o metabolismo, acelerar o metabolismo e eliminar reservas de gorduras insalubres. Além disso, os ácidos graxos possuem propriedades antioxidantes e, portanto, necessários para o organismo neutralizar os radicais livres e outras substâncias nocivas. Além disso, estes compostos são atribuídos propriedades imunoestimulantes e anti-stress.

Aminoácidos e Enzimas

Distantes na composição química do mel de colza estão os aminoácidos e enzimas. Estes compostos de proteínas têm vários efeitos benéficos no corpo:

  • melhorar o funcionamento do miocárdio,
  • normalizar o sistema nervoso,
  • estimular a síntese de células sanguíneas,
  • fornecer uma digestão ideal
  • normalizar hormônios,
  • participar em processos de regeneração,
  • fornecer absorção completa de vitaminas e minerais.

No país, o mel de colza é valorizado por suas propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas. O produto é capaz de eliminar lesões infecciosas e inflamatórias da pele e membranas mucosas. Essas qualidades néctar obrigou o óleo essencial de colza, cujos componentes voláteis em pequenas quantidades vão para o mel, mas têm um efeito terapêutico perceptível.

Os benefícios do mel de estupro

A composição rica em substâncias úteis torna o produto uma profilaxia eficaz e também causa as propriedades medicinais do mel de colza. Este é um poderoso componente auxiliar da terapia complexa de várias doenças.

O uso mais comum do produto é uma fonte de energia rápida, de fácil digestão e útil. Há mel recomendado para atletas, bem como pessoas envolvidas em trabalho mental e físico pesado. A textura leve e o sabor agradável permitem que você adicione lanches rápidos com néctar, dando um impulso de energia e trazendo o corpo em um tom com falta de energia.

Para o sistema nervoso

Existe um efeito positivo do produto no sistema nervoso:

  • aumenta a resistência ao estresse
  • memória melhora
  • processos de pensamento aceleram
  • há um efeito sedativo leve,
  • aumenta a concentração.

Ao contrário de outras sobremesas, o mel pode ser usado para a obesidade como um estimulador do metabolismo e uma ajuda na perda de peso. O uso de uma pequena quantidade do produto pode eliminar qualitativamente o ataque da fome, não sobrecarregando o corpo com excesso de calorias. A capacidade de normalizar os processos metabólicos é relevante para a retenção de líquidos e metabolismo de sal prejudicado (gota, osteocondrose, tendência ao edema).

A saturação de minerais contribui para o fortalecimento dos ossos, esmalte dentário. O produto é muito útil para mulheres na véspera da menopausa, porque impede o desenvolvimento da osteoporose. Uma quantidade moderada de mel ajudará a apoiar o sistema músculo-esquelético em crianças.

Para o coração e vasos sanguíneos

O néctar de colza tem um efeito positivo sobre o estado do sistema cardiovascular, a saber:

  • melhora a reologia do sangue,
  • normaliza a coagulação
  • fortalece o miocárdio
  • evita picos de pressão
  • faz os capilares fortes,
  • ajuda a reduzir os níveis de colesterol
  • previne a aterosclerose.

Para digestão e imunidade

O mel de colza para o trato digestivo é considerado muito útil. O uso de uma pequena quantidade ajuda a combater a gastrite e úlcera gástrica, elimina a acidez excessiva. O conteúdo de açúcares simples contribui para o crescimento da microflora normal no intestino. Além disso, o produto é dotado de propriedades coleréticas e hepatoprotetoras suaves.

Graças aos compostos de boro, o mel proporciona uma remoção eficaz de toxinas e toxinas, especialmente bem manifestada em envenenamentos. A ingestão regular do produto normaliza as fezes e elimina a tendência a constipação ou diarreia.

As propriedades restauradoras e imunoestimulantes do néctar de colza são apropriadas para resfriados, infecções virais respiratórias agudas e tosse. Neste caso, o mel consumido enquanto bebe com bebidas quentes ou leite. Melhora a transpiração, tem propriedades anti febris pronunciadas. A recepção de um produto mostra-se depois de doenças prolongadas, e também no momento da exaustão de um organismo.

Com lesões e lesões da pele

As propriedades regeneradoras do mel em combinação com agentes antimicrobianos e anti-inflamatórios são frequentemente utilizadas no tratamento de doenças da pele e membranas mucosas. A preparação de pomadas ou o uso de produto líquido puro é recomendado para:

  • queimaduras
  • marcas de arranhão
  • cortes,
  • congelamento
  • escoriações
  • machucado
  • picadas de insetos.

As propriedades benéficas do mel de colza também se manifestam em doenças de pele autoimunes e infecciosas:

  • psoríase
  • eczema,
  • dermatite
  • erupção idiopática,
  • úlceras tróficas,
  • pé diabético
  • ferve
  • feridas purulentas
  • feridas internas.

Com inflamações da garganta e boca

O tratamento tópico com mel de canola pode envolver a absorção de uma pequena quantidade do produto na boca. Vai aliviar de:

  • dores de garganta
  • estomatite
  • gengivite
  • doença periodontal,
  • dor de garganta,
  • inflamações das cordas vocais.

Além disso, o mel é recomendado para uso no início da gravidez - para eliminar os sintomas de toxicose e enjôo matinal, bem como uma fonte de energia e nutrientes.

Como escolher o mel "certo"

O mel é um produto muito delicado. Geralmente, sua consistência moderadamente líquida é apreciada e, quando se solidifica, eles tentam devolvê-la. Com produtos naturais, provoca nem sempre transformações positivas. A uma temperatura superior a 40º, o mel começa a perder qualidades úteis. Если нагреть его до температуры свыше 60ºС, химический состав изменится полностью, в нем появятся токсические вещества, которые наука относит к разряду канцерогенов.

A tarefa do consumidor é comprar apenas mel natural de colza, que não tenha sido tratado termicamente e misturado com vários aditivos. Isso é possível se você tiver um apicultor familiar ou escolher o produto certo no ponto de venda. Como escolher mel natural de colza, suas características sugerem:

  • cor - néctar fresco de colza tem uma cor amarelo-leitosa, durante a cristalização fica branco, e amarelo é visível apenas como uma sombra,
  • consistência - mel fresco - viscoso e líquido, tem uma estrutura cristalina uniforme,
  • o cheiro é pronunciado floral, com misturas de óleo essencial de colza e, portanto, é peculiar,
  • sabor - muito doce, levemente açucarado, deixa um sabor pronunciado e doce com um gosto ardente, vagamente reminiscente de mostarda,
  • a presença de inclusões - manchas e impurezas na estrutura do mel de colza sugere sua mistura com outros componentes.

Regras de uso seguro

Contraindicações do mel de colza incluem apenas sensibilidade individual aos produtos apícolas. Por si só, é muito menos provável causar alergias do que análogos florais. No entanto, isso não significa que o néctar possa ser ingerido em qualquer doença e em qualquer quantidade.

Muito cuidado com o mel deve estar no diabetes. A saturação do produto com açúcares pode provocar uma falta da dose habitual de insulina. Apesar disso, o mel é considerado um substituto de açúcar mais útil do que os adoçantes artificiais. Sua recepção deve ser coordenada com o médico.

Devido ao impressionante conteúdo de calorias (por 100 g contém 304 kcal), as pessoas com excesso de peso devem comer mel com cuidado. Se um par de colheres de chá ao longo do dia é considerado um estimulante do metabolismo, então a adição descontrolada, mesmo aos alimentos dietéticos, é uma maneira óbvia de ganhar quilos.

Mulheres grávidas e lactantes devem incorporar moderadamente o néctar de estupro na dieta. Crianças com menos de um ano de idade não estão autorizadas a dar este produto devido ao alto risco de desenvolver alergias.

Como ser tratado

É necessário usar o mel de colza para fins terapêuticos e profiláticos igualmente - levando em consideração a dose diária recomendada do produto:

  • crianças menores de 12 anos - duas ou três colheres de chá,
  • senhoras em posição - duas colheres de chá,
  • com uma dieta, duas colheres de chá,
  • adultos - duas ou três colheres de sopa.

A recepção preventiva é possível a qualquer hora do dia. Recomenda-se usar mel puro nos intervalos entre as refeições e beber com água pura ou chá sem açúcar.

Se o produto é utilizado para o tratamento de doenças, seu uso é combinado com a prescrição de um médico. O consumo de mel é desejável para coordenar com um especialista. De acordo com as revisões, não é proibida uma pequena quantidade de remédio para abelha, mesmo em caso de patologias graves. Para fins terapêuticos, o produto é ingerido com o estômago vazio, espremido com uma pequena quantidade de água e dissolvendo-o lentamente na boca.

O uso de mel de colza ajudará a manter o funcionamento do corpo no nível adequado. O produto contribui para a preservação da beleza e juventude, estimula o humor. O dom das abelhas é útil no tratamento de doenças, enquanto restaura órgãos e tecidos danificados. Mas uma condição importante é o uso do néctar em conjunto com a abordagem médica ao tratamento. Nesse caso, as chances de sucesso aumentam significativamente.

Pin
Send
Share
Send
Send